Skip to content

Após morte de militar, Sesap descarta surto de malária em Natal

20/04/2016

160420 - Sintomas de Malárias

Fonte: G1

A Secretaria de Saúde Pública do RN (Sesap) descartou que o caso de malária que resultou na morte de um sargento da Marinha do Brasil neste sábado (16), em Natal, represente ameaça de surto da doença na cidade. De acordo com uma nota publicada pela secretaria, o militar já chegou na capital potiguar em estado grave.

O sargento Luciano Márcio de Macedo Teixeira, de 38 anos, foi internado na sexta-feira (15) na UTI do Hospital da Guarnição de Natal. O militar participou, no período de 24 de fevereiro a 16 deste mês, de uma missão em visitado os portos de Georgetown, São Tomé e Príncipe, Luanda e Jamestown, no continente africano, além dos portos de Maceió (AL) e Cabedelo (PB), no Brasil. Outros dois militares, que segundo a Marinha também estão doentes, foram internados em João Pessoa.

De acordo com a investigação da Sesap, uma investigação está sendo feita para para identificar aonde o militar foi infectado e realizando pesquisa no navio para saber se existem mosquitos transmissores da doença no navio.

“Não há motivo para gerar medo nas pessoas. Como não existe vacina para prevenir a doença, a orientação que nós damos é que aqueles que viajarem para o Norte do país ou para países da África, ao sentirem febre evitem se automedicar e procurem imediatamente um serviço de saúde. A malária pode ser fatal quando há demora na busca de atendimento”, orienta o técnico de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Gilmar Cordeiro.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: